publicação: 7 de agosto de 2014

Mora em São Mateus? Vai pagar o seguro mais caro

Na hora de fazer o seguro do seu carro, saiba que o bairro onde você mora pode mudar substancialmente o valor da apólice. Conforme levantamento da Mazetto Corretora de Seguros a diferença de preço em função do local de moradia do segurado pode variar em média 50%.

A pesquisa levantou preços de 13 seguradoras, usando o perfil de um homem casado, com 40 anos, sem filhos, com garagem fixa e que não usa o carro para trabalhar.

Com base nesse perfil, o seguro de um Fiesta 0K sai por R$ 2,5 mil em São Mateus (bairro com maior índice de roubos de carros) e R$ 1,7 mil na Sé, uma variação de 48,5%. No Jaçanã, o seguro do mesmo carro sai por R$ 1,6 mil.
Já o Fusion, que custa R$ 115 mil, tem seguro de R$ 2,3 mil em qualquer bairro. “Em geral, carros mais caros são menos visados para roubo”, explicou Leonardo Mazetto, gerente da empresa, “por isso o valor da apólice quase não tem diferença”.

O seguro do Agile, da Chevrolet, custa R$ 1,3 mil para quem mora na Sé, mas no caso de um bairro com maior índice de furtos e roubos, como São Mateus, o seguro sobe para R$ 2,3 mil, diferença de 86%.

O Bravo, da Fiat, tem o seguro de R$ 2,2 mil em São Mateus e de R$ 1,8 mil na Sé. Mas no Jaçanã ele é ainda mais barato: R$ 1,5 mil. Já o valor do seguro do Linea, também da Fiat, mais do que dobra entre um bairro e outro: na Sé custa R$ 1,3 mil e em São Mateus, R$ 2,7 mil.

Os preços das apólices dos carros mais vendidos são os que mais sofrem variação de acordo com local de moradia do dono.

 

Fonte: UolCarros